Desapegar é viver melhor!

No dicionário, desapegar é: fazer perder ou perder o envolvimento, a dependência ou o compromisso com; afastar(-se), libertar(-se).

Dependência! Ficamos dependentes de hábitos criados acreditando que isso faz parte do nosso eu, de quem somos. Isso afeta nosso comportamento, sem que a gente se de conta.

E por que isso acontece?

Nosso cérebro sempre vai procurar o caminho mais fácil para poupar energia, ele busca as redes neurais mais usadas, que infelizmente dificultam a mudança para uma nova forma de comportamento. Mudar exige um esforço muito grande do ser humano, mesmo quando te faz sofrer.

A mudança deve começar pela consciência. Você precisa quebrar essa lógica enraizada. E a raiz dela é o apego.

Libertar-se! Por que resistimos tanto a desapegar? Por que queremos manter objetos que não usamos e não fazem mais sentido, objetos que estão guardados há anos, roupas que não servem mais, roupas que nunca foram usadas…

Vivenciamos muito isso no dia a dia das pessoas: uma vontade de viver com menos, mas a resistência em começar pra valer.

Não desanime. Existem pessoas que podem ajudar nesse processo com experiências positivas e que podem servir de inspiração.

Por enquanto, comece comprando menos. Sim, é possível! Observe tudo que você já tem e questione cada compra nova com a famosa frase: eu preciso mesmo disso? Lembre-se do cérebro preguiçoso. Traga para a consciência o seu desejo de mudar seus hábitos, para desapegar do que realmente não faz mais sentido.

Vai dar certo!

20 Dicas para manter a casa organizada

  1. Organize um ambiente de cada vez.
  2. Evite a procrastinação, o importante é começar. Planeje o que vai ser feito dentro do tempo disponível, vendo o resultado você vai ficar motivado a fazer o restante.
  3. O apego sentimental é uma forte barreira ao descarte, mantenha em mente que você deve guardar apenas o que realmente importa e o que realmente vai usar.
  4. Lembre-se que tudo o que usamos com frequência deve ficar em local visível e de fácil acesso e os itens menos usados podem ficar nos locais de difícil acesso.
  5. Na falta de espaço no armário, use o recurso de prateleiras, caixas e cestos para organizar roupas e acessórios.
  6. Doe aquilo que você não usa mais, se a peça está parada a mais de 1 ano, é um indicador que você pode se desfazer dela.
  7. Uma vez separado os itens para doação, providencie imediatamente para que os mesmos sejam retirados ou defina o destino. Senão a tendência é você deixar acumular em algum cômodo da casa.
  8. Prefira móveis com gavetas e portas, pois eles ajudam a manter o visual organizado.
  9. Busque soluções que facilitem as crianças a manter os brinquedos organizados. Caixas, cestos ou gavetas devem estar numa altura que a criança possa acessar e devidamente etiquetados para que elas possam recolocar no lugar.
  10. Faça um descarte de brinquedos com seus filhos antes de datas como Natal e aniversário, isso evitará o acumulo. Uma boa solução é criar uma caixa de doação e 1 ou 2 vezes ao ano você destina para alguém.
  11. Caixas plásticas transparentes são mais indicadas para organizar itens menores, pois facilita a visualização do conteúdo.
  12. Não faça da mesa de jantar o local de depósito de tudo que traz da rua.
  13. Crie o dia da  “blitz da geladeira”, isso evita o acumulo de restos de alimentos. Além de abrir espaço, evita o mau cheiro e preserva a qualidade dos alimentos armazenados.
  14. Mantenha os documentos separados em pastas por assunto, assim quando precisar algo, fica fácil de encontrar.
  15. Para não perder tempo todas as manhãs procurando o que precisa para sair de casa, defina um local para armazenar bolsa, chaves, celular… e separe no dia anterior o que irá precisar.
  16. Faça um cardápio semanal, você ira economizar tempo e dinheiro!
  17. Ter um banquinho dobrável dentro do armário ou closet vai ajudar no acesso as prateleiras mais altas.
  18. Mantenha o roupeiro organizado separando lençóis e toalhas por jogo. Fazer caça a fronha ou a toalha de rosto não faz o menor sentido.
  19. Dedique 15 a 20 minutos diários para organização geral, você vai ver como fica muito mais fácil manter tudo em ordem.
  20. Pratique o mantra: tirou…usou…guardou!

Dentro ou fora da Geladeira?

Acredito que você já se questionou em algum momento, o que deve ou não ser guardado na geladeira. Tomates, por exemplo, você mantém dentro ou fora?

Eu sempre coloquei tomates na geladeira, mas para minha surpresa descobri que ele deve ser mantido fora e de cabeça para baixo. A refrigeração estraga essa fruta mais rapidamente e altera o sabor natural.

Afinal frutas e legumes devem ou não ser mantidos na geladeira? 

De forma geral os legumes devem ser refrigerados (aqui vale uma ressalva quanto a cenoura que deve ser mantida no saco plástico para manter a textura), quanto as frutas, depende…  morango, uvas, melão e abacaxi (após abertos) devem ser refrigerados, já outras frutas tanto faz.

Normalmente deixamos fora até amadurecerem e então levamos a geladeira para aumentar a durabilidade da fruta. 

A cebola e o alho devem ficar fora em local ventilado e de preferência longe das batatas, pois apodrecem mais rapidamente.

Então vamos lá…

Na geladeira: legumes,cogumelos, morango, uvas, abacaxi e melão além da melancia após cortados. E também os ovos, evitando a porta.

Fora da geladeira: cebola ,alho,batata, tomate, abóbora, caqui e banana (evite a proximidade com outras frutas, pois acelera o amadurecimento).

Tanto faz: pera, ameixa, pêssego, abacate, mamão, carambola, figo, kiwi, manga, nectarina e limão. Lembrando que podem ser refrigeradas depois de amadurecidas para aumentar a durabilidade.

Já o pão, café e o açucar, que algumas pessoas costumam levar a geladeira, devem ser mantidos fora, pois a baixa temperatura altera o sabor. 

Foto: Reprodução

5 Dicas para seu Home Office

Em tempos de Home Office, 5 dicas para manter tudo organizado:

1. Faça limpezas” periódicas, eliminando arquivos desnecessários e objetos que não utiliza.

2.Use e abuse dos arquivos digitais para evitar acúmulo de papéis.

3. Deixe a bancada de trabalho o mais livre possível.

4. Organize os arquivos e a caixa de entrada separando em pastas por assunto, projeto ou clientes. Isso vai facilitar na hora de procurar o documento que precisa.

5. Não deixe para depois … ao receber um documento decida na hora o que fazer com ele.

Bom trabalho!

Desafio da quarentena

A quarentena mudou radicalmente o dia a dia das pessoas. Ficar em casa está sendo um desafio, para alguns ainda maior. Mas uma coisa fica clara, estamos mais empáticos. Muitas pessoas declaram que, de fato, não tinham ideia do volume do trabalho doméstico. A roupa passada sempre arrumada e organizada, cheirosa e passada; as coisas todas no seu devido lugar, a cozinha e a lavanderia em ordem; o quarto das crianças limpo e organizado com os milhões de brinquedos guardados e por ai segue.

Enquanto alguns estão nos  escritórios, do mundo corporativo ou não, outros estão na casa da gente cuidando do nosso bem estar.

Entender o ponto de vista do outro ou mesmo estar na pele dele é o melhor jeito de se relacionar de igual para igual. Esse é o verdadeiro aprendizado da empatia.

Ai eu pergunto, podemos deixar a casa melhor sempre? Podemos aprender, com essa quarentena, que pequenos atos de organização ajudam a rotina da casa e a vida de todos?

Então, é para isso que estamos aqui. Vamos colocar pílulas de organização e desafiar você a começar ou melhorar a organização da sua vida, começando pela sua casa.

Espero que goste. Siga a gente no Instagram e Facebook.

Dispense o supérfluo!

Uma coisa boa da pandemia é entender que podemos viver com bem menos. S I M P L I C I D A D E.

Vestimos um par de roupas, estamos de chinelos, não pintamos o cabelo ou fazemos a unha, estamos sem empregadas e trancados em casa.

Claro que sentimos falta de várias dessas coisas, mas com certeza, a pandemia provou para todos, globalmente, que é possível viver e sobreviver com muito menos.

Ser consciente com relação a isso é muito importante porque o planeta não vai, de fato, aguentar o ritmo de consumo do hoje.

A pandemia nos ensina compaixão e como diz Domeniso de Masi, sociólogo italiano, “a pandemia está nos ensinando que as necessidades radicais de introspecção, amizade, amor, jogo, beleza e criatividade são muito mais importantes do que as necessidades alienantes de poder e dinheiro. Está nos ensinando que para satisfazer as necessidades radicais, não precisamos ter dinheiro, mas de sentido de humanidade”.

E isso tem tudo a ver com o que a gente pensa. Temos que ter mais consciência sobre nossos atos. A pandemia está nos ensinando a viver com o essencial. Ter um olhar do que já não serve mais para a sua vida é um exercício muito poderoso, para o agora. Isso vale para coisas, mas também para pessoas.

Comece devagar, mas comece. Veja o que não faz mais sentido para você e descarte, recicle, doe, organize e mantenha o que importa, o que é essencial e o que te faz realmente feliz! 

Estamos aqui para te ajudar no que for preciso 😉 

 

A mente organizada

A Life Organized nasceu para ajudar as pessoas a cuidar da vida e assim organizá-la, tendo mais tempo para fazer o que gostam ou o que precisa ser feito.

Lembro de um dia, antes do Natal de 2014, comprei o livro The Organized Mind (A mente organizada). O livro é escrito por Daniel J. Levitin, Professor de Psicologia e Neurociência do comportamento. Nele, ele explica como o cérebro funciona e como podemos fazê-lo funcionar melhor e, ir além, achar tempo para fazer as coisas que a gente realmente precisa e quer fazer. Bingo!

Em tempos de quarentena, nada melhor do que rever os conceitos que os psicólogos cognitivos já provaram: nossa memória não é confiável e às vezes confiamos a dispositivos externos (smartphones e até funcionários),  grande parte do processamento que em geral nossos neurônios fariam.

Hoje, com a quantidade inacreditável de informação, todo esse processo de ignorar coisas e optar por outras, tem um custo. Os neurocientistas descobriram que a falta de produtividade e de motivação pode ser resultado da sobrecarga de decisões. No nosso cérebro, a rede de tomada de decisões não determina as prioridades.

Se organizarmos nossa vida e a nossa cabeça, seremos capazes de ter mais tempo livre para focar no que interessa.

O fato é que, o cérebro não é organizado da mesma maneira que você gostaria de ter sua casa, armário ou escritório organizado. Portanto, você não pode largar as coisas por ai. Precisamos assumir o controle de nossos sistemas de atenção e memória e ajudá-los a encontrar as coisas de maneira mais fácil.

Aprendemos que organização vai muito além do organizar a casa. Quando você faz isso, você começa a melhorar vários aspectos da sua vida e se você for um “bom aluno”, você leva isso para tudo que você faz e para sempre.

Aproveite que você está em casa e olhe para uma gaveta que está com coisas acumuladas e organize. Você vai sentir a diferença imediatamente e vai perceber o bem maior que é saber onde as coisas estão, e para que servem, quando estão no lugar certo.

Hoje há uma infinidade de produtos organizadores e profissionais qualificados para ajudar você nessa tarefa. Comece devagar, mas comece.

É mais fácil do que podemos imaginar. Estamos aqui para ajudar!

 

Em tempos de quarentena …

Já que a atual situação nos fará ficar em casa por alguns dias, porque não aproveitar esse tempo para organizar a casa!

Além de ajudar a passar o tempo, é excelente para abrir mais espaço nos armários, para desapegarmos daquilo que não precisamos mais e claro, deixar a energia circular melhor pela casa.

Aqui vão algumas dicas para te ajudar no processo:

  • Defina um ambiente por vez, não queira fazer tudo de uma vez que não será produtivo.
  • Abra todos os armários e planeje mentalmente onde seria o local mais apropriado para organizar cada coisa. Esse critério pode variar muito de pessoa para pessoa, mas você deve se lembrar sempre  que o que é usado no dia a dia deve estar em local de fácil acesso e os locais de mais difícil acesso, como prateleiras mais altas, quina de armários, maleiros etc. devem ficar os itens que usamos esporadicamente.
  • Tire tudo dos armários e divida em categorias de acordo com o que está sendo organizado (se for roupas divida em camisetas, calças, saias etc… se for na cozinha em pratos fundos, sobremesa, copos altas, copos baixos e assim por diante)
  • Descarte tudo aquilo que você não usa mais, nunca usou ou tem em excesso
  • Separe o que precisa de conserto
  • Limpe cuidadosamente os armários e/ou estantes antes de organizar os itens novamente, lembre-se de não deixar úmido para evitar o mofo
  • Organize os itens de volta ao armário separando por categorias
  • Tudo deve ter um lugar e após o uso deve voltar ao lugar de origem, essa é a regra básica para manter tudo em ordem.

Então mãos a obra… aproveite sua quarentena e deixe sua casa organizada!

 

É primavera!

Já ouviu falar em Spring Cleaning?

Spring Cleaning é conhecido em alguns países como o “momento de refrescar a casa para a nova estação”, nesse caso a primavera.

Além das flores, que deixa tudo mais bonito, a Primavera significa recomeço, renovação. Uma ótima oportunidade para iniciar aquela organização na casa, que você vem planejando há algum tempo.

Aqui vão algumas dicas para você deixar a casa organizada e renovar as energias.
• Comece organizando seus armários – as roupas mais pesadas, quem acabamos não usando nem no inverno, podem abrir espaço para roupas mais leves. Lave as roupas de lã e os cascos pesados e guarde em space bags. Além de ficarem protegidas vão economizar muito espaço.
• Verifique aquilo que não usa mais e descarte (lembre-se de praticar o desapego!), separe o que precisa de lavanderia ou de algum conserto.
• Faça uma “blitz” na sua sapateira – tire o que não vai mais usar e verifique o que precisa de reparo.
• Limpe as cortinas e tapetes – algumas cortinas são fáceis de serem lavadas em casa e os tapetes devem ser aspirados e as manchas removidas com limpa tapetes. Ou se preferir, existe lavanderias especializadas que retiram e entregam na sua casa.
• Organize seu roupeiro – você não precisa mais do que 3 jogos de toalhas e lençóis portanto veja o que já está muito desgastado e troque.
• Limpe os colchões e lave as capas dos travesseiros. Aproveite para virar o colchão de lado (é recomendável fazer de tempos em tempos).
• Na cozinha tire as louças e copos quebrados e descarte o que você nunca usou e só está ocupando espaço.
• Faça uma blitz nos medicamentos e na despensa, eliminando todos os produtos vencidos.
• Separe os livros que já leu e doe.
• Organize seus documentos
• Troque algumas peças de decoração do lugar, ou até mesmo algum móvel. Isso dá um novo ar ao ambiente.
• Compre flores e decore os ambientes, afinal é Primavera!!!